0 Flares Filament.io 0 Flares ×

SAÚDE & BEM-ESTAR

Ayurveda: qual é o seu dosha?

JACQUELINE GUERRA

Naturóloga,
coach de saúde & bem-estar
e jornalista

A Ayurveda, Ciência da Vida (em sânscrito), é um sistema de saúde milenar com origem na Índia que promove o equilíbrio do corpo, mente e alma a partir do autoconhecimento.

A Naturologia estuda a Ayurveda, entre tantas outras terapias, e pode empregar essa abordagem durante o processo terapêutico.

A partir dos cinco elementos (éter, ar, fogo, água e terra), existem três doshas – Vata, Pitta e Kapha. Saber o seu dosha (constituição natal) abre um caminho de autodescoberta.

Você tem uma combinação única desses três doshas que confere uma identidade para a sua saúde. Entender sua constituição pode revelar suas características físicas e psicológicas, seus pontos fortes, esclarecer seus maiores desafios e trazer uma compreensão mais profunda sobre como isso afeta tudo em sua vida: fisiologia, digestão, estrutura corporal, hábitos, tendências,  características mentais e emocionais, personalidade e temperamento. Bem como suas vulnerabilidades para desequilíbrios e doenças.

Tratamento

A partir disso, a consulta de Naturologia pode indicar as melhores combinações de alimentos, fitoterapia, meditação, desintoxicação, massagens e orientação de estilo de vida que proporcionem mais saúde e harmonia, além de terapias de outros sistemas como a medicina tradicional chinesa, a aromaterapia, os florais, as terapias corporais etc.

“Os três doshas conferem uma identidade para a sua saúde.”

Nós nascemos com uma constituição (prakriti) e permanecemos com ela a vida inteira, embora também possamos apresentar diferentes estados de equilíbrio (vikriti), que refletem o nível atual dos doshas e podem variar ao longo do tempo influenciados por fatores internos e externos como mudanças de clima e estação, dieta, exercício, circunstâncias de estresse, relacionamentos , estilo de vida e estágios da vida.

Todos os três doshas estão presentes em todo mundo em diferentes proporções. Cada pessoa tem um ou mais doshas predominantes:

Vata

Elementos: Éter + Água

Qualidades: Seco, Leve, Frio, Rude, Sutil, móvel, claro

Função: Movimento e comunicação

Pitta

Elementos: Fogo + Água

Qualidades: Quente, leve, afiado, luminoso, líquido, oleoso

Função: Digestão e transformação

Kapha

Elementos: Água + Terra

Qualidades: Pesado, lento, oleoso, suave, denso, estável

Função: Coesão, Estrutura e Lubrificação

VATA

Localizado no cólon, Vata promove um equilíbrio saudável entre pensamento, emoção,  criatividade e clareza. Uma pessoa com o dosha vata dominante é rápida, alerta e inquieta. Pode pensar, conversar e andar rapidamente.

Governa mobilidade celular, respiração, pulsação do coração, contrações musculares, impulsos nervosos, percepção sensorial, comunicação e nossa capacidade de experimentar flexibilidade.

No entanto, em excesso pode gerar a tendência a: nervosismo, medo e ansiedade, distúrbios nervosos, constrição física e emocional, flatulência, constipação, má circulação, artrite,  pele seca, rachaduras, insônia, tremores e outros movimento anormais.

Para equilibrar vata, é importante manter a calma e a rotina, evitar temperaturas extremas e descansar adequadamente. Esse dosha aumenta conforme a idade.

PITTA

Localizado no intestino delgado, rege funções digestivas e metabólicas e está associado ao calor e à oleosidade. É o dosha que adiciona brilho aos olhos, cabelos e pele e governa nossa capacidade de digerir não somente o alimento, mas também os conceitos e informações que usamos para perceber o mundo. Também governa o apetite, a absorção, a assimilação, a inteligência, o carisma, a coragem e a ambição.

As pessoas com o dosha Pitta dominante possuem um metabolismo eficiente e um apetite saudável.

Em excesso, precisam se precaver com relação à raiva, ciúmes, azia, enxaquecas, hematomas, distúrbios hemorrágicos, inflamações, náuseas, vômitos, diarreias, erupção cutânea e insônia.

Para equilibrar Pitta, as dicas são evitar o calor extremo e comer alimentos menos picantes.

KAPHA

Localizado no estômago, este dosha se relaciona com estrutura, coesão, aterramento e estabilidade. Governa imunidade, nutrição, crescimento, lubrificação, regeneração, equilíbrio de fluidos, regulação de gordura, força, resistência, memória e nossa capacidade de sentir compaixão, empatia, contentamento, compreensão, perdão, lealdade e paciência.

As pessoas que possuem Kapha dominante são consideradas fortes, mas amorosas, tenazes e tranquilas. Podem ser suscetíveis ao aumento de peso, letargia, sono excessivo, bócio, congestionamento pulmonar, alergias e asma. Em excesso, Kapha pode causar apego, ganância, resistência à mudança, falta de motivação, peso na mente e no corpo, depressão, metabolismo lento, retenção de água, endurecimento das artérias e formação de massas e tumores.

Para manter o equilíbrio, são aconselhadas a se exercitar com frequência, comer refeições leves e evitar cochilar.

Por meio de uma anamnese minuciosa e avaliação física, o naturólogo identifica o dosha predominante em sua constituição (prakriti) e possíveis desequilíbrios (vikriti) e pode orientar a respeito de uma Dynacharia, rotina de autocuidados mais apropriada para restaurar o equilíbrio.

Nos próximos posts, darei mais dicas para equilibrar cada dosha. Acompanhem!

Quer saber mais sobre como a Naturologia pode te ajudar? Clique aqui.

 

Alimentação consciente, informações consistentes, escolhas benéficas