0 Flares Filament.io 0 Flares ×

Mandala Lunar e os Ciclos Femininos

21 de Maio de 2018

Jacqueline Guerra,
naturóloga, coach de saúde e bem-estar e jornalista

 

A Mandala Lunar é uma ferramenta de autoconhecimento com a qual você pode aprofundar sua conexão com os ciclos naturais e expandir sua prática de autoconsciência.  Ao final do artigo, disponibilizei o arquivo para download, para você imprimir e utilizar.  Ao honrar o seu ciclo, a mulher honra o feminino e a Mãe Terra.

Ela pode ser usada como um calendário para descobrir e observar padrões, conexões e potenciais do seu ciclo menstrual, seu período fértil, seus estados energéticos e emocionais e outras características que você achar importante.

Ao registrar seu dia-a-dia na mandala, você muda sua percepção do tempo de linear para circular e cíclico, conecta-se com as fases da lua, das estações e da natureza e Entra no fluxo da vida: nascimento, crescimento, plena floração, colheita, decadência, morte e renascimento.

Quando a mulher não compreende o seu ciclo, ela pode se sentir sobrecarregada pelas emoções intensificadas no período pré-menstrual, por exemplo. Às vezes aquela irritabilidade pode ser porque não estamos fluindo no ritmo que o nosso corpo precisa naquele momento. Às vezes, quando dor é insuportável, a única maneira de escapar é escutar pararmos e escutarmos o

Nosso ciclo será um resultado direto de todas as coisas que influenciam nosso estado de saúde: o que comemos, o que pensamos, como nos relacionamos e cuidamos do nosso corpo e mente.

“Todo o ciclo menstrual é um processo alquímico em si mesmo, durante o qual toda mulher que sangra passa por uma transformação dentro de si mesma. Menstruar significa viver através de uma transmutação cíclica em que o passado é largado e o novo é abraçado. Viver essa transformação por meio de um ritual consciente nos desperta para a nossa conexão com os ciclos que ocorrem ao nosso redor e para o nosso relacionamento com toda a vida ” (Lara Owen, em Seu Sangue é Ouro: Celebrando o Poder da Menstruação).

Como utilizar a Mandala Lunar

Você pode usar a legenda para identificar como está naquele dia e colorir o ciclo de acordo com a intensidade da menstruação, por exemplo. Pode colocar informações sobre seus estados emocionais, físicos e criativos, incluindo sono, energia, atividade física, libido, relações sexuais, humor, muco vaginal e qualquer sintoma ou característica que for importante acompanhar.

Comece a preencher no seu primeiro dia de ciclo (menstruação), de acordo com a fase da lua, e escreva dia 1.  Para as mulheres na menopausa, a dica é fazer o diagrama seguindo as fases da lua. O primeiro dia é quando inicia a lua nova.

Ao preencher por alguns meses, você pode começar a analisar e comparar os seus ciclos, rastrear sua fertilidade e identificar seus padrões e recorrências, para ter uma visão que será um guia sobre todas as suas características. Assim, se você estiver iniciando um tratamento para cólicas, por exemplo, conseguirá perceber se está tendo resultados.

Também deixo como sugestão preencher a mandala junto com a utilização do aplicativo Lunar, que reúne informações médicas, de ginecologia natural e de sabedoria tradicional. Esse aplicativo informa sobre as tendências de cada fase do ciclo: menstrual, pré-ovulatória, ovulatória e pré-menstrual. Em cada estágio há informações sobre o que acontece no corpo, os elos, a criatividade, a fertilidade, as emoções, a atenção, com um olhar integral para a saúde. Fornece breves propostas diárias para melhorar as habilidades e talentos de cada fase. Por enquanto, o aplicativo está disponível somente em espanhol.

O Ciclo Feminino

O ciclo feminino compreende quatro fases de acordo com as quatro fases da lua, tendo aproximadamente 28 dias e pode variar entre 24 e 35 dias. Nossa mandala tem 28 dias, mas se seu ciclo ultrapassar isso, anote em um cantinho dela esses dias a mais.

 

Fase Lútea: Menstruação

Período de sangramento.
Ciclo: dia 1 a 6.

Fase Folicular - Pré-ovulatória

Entre a menstruação e a ovulação.
Ciclo: dia 7 a 13.

Fase Fértil - Ovulatória

Ovulação – liberação do óvulo.
Ciclo: dia 14 a 20

Fase folicular: pré-menstrual

Entre a ovulação e a menstruação.
Ciclo: dia 21 até o 1º dia de sangramento.

Cada fase, um ritmo diferente

Quando nos conectamos com nossa natureza cíclica, temos a oportunidade de aprofundar em nossa sabedoria interior. É importante seguirmos as necessidades físicas e emocionais de cada fase do ciclo e suas nuances. Assim como a natureza tem períodos de expansão e contração, convivência e recolhimento, nós também temos.

Fazer escolhas baseadas no conhecimento dos nossos processos fisiológicos e emocionais nos permite cuidar melhor da nossa saúde e bem-estar.

 

 

 

A lua afeta o fluxo de água dos lagos e oceanos e, assim como a maré, o corpo das mulheres é um fluxo contínuo de hormônios, fluidos, sangue e água. Muitas mulheres não têm nenhuma conexão com a lua. Quando começam a observá-la regularmente,  o ciclo pode começar a se sincronizar com a lua. Podemos ovular na Lua Cheia e sangrar na Lua nova ou no oposto, dependendo de sua fase na vida. E às vezes mudar novamente, dependendo de influências externas.

Miranda Gray, nos livros Lua Vermelha e Descubra as Deusas Dentro de Você, resgata os ensinamentos sobre os arquétipos femininos durante cada fase:

1 – Fase Lútea – Menstruação – Lua Nova – Arquétipo: Anciã  

Nosso sangramento mensal é a chave para nossa própria renovação. A menstruação está associada ao Inverno, marcado pelas energias de recolhimento e um tempo para rever nossa vida, meditar, ouvir nosso interior e nosso corpo, desacelerar e descansar.

É uma fase propícia para identificar as mensagens enviadas pelo corpo e emoções e  deixar ir embora ideias, crenças e atitudes que não servem mais.

2 – Fase Folicular – Pré-ovulatória – Lua Crescente – Arquétipo: Donzela

O hipotálamo sinaliza a glândula pituitária para enviar o hormônio folículo-estimulante para os ovários e aumentar a produção de estrogênio. É o período da Primavera interior, uma explosão de energia que pode gerar novas sementes, trazer mais determinação, ambição e concentração. A energia física aumenta e traz revitalização, extroversão e expansão. Melhor fase para a vida social, praticar exercícios e iniciar novos projetos.

3 – Fase Fértil – Lua Cheia – Arquétipo: Mãe Criadora

O muco cervical é para a mulher o que o fluido seminal é para o homem. Os homens são sempre férteis, produzem diariamente o fluido seminal. As mulheres, por outro lado, são férteis apenas alguns dias em torno da ovulação e, portanto, produzem o muco para a nutrição e a mobilidade do esperma apenas durante esse período.

Durante a fase fértil, os níveis de estrogênio atingem o pico e a glândula pituitária secreta o hormônio luteinizante, causando a ruptura de um óvulo maduro do folículo e do ovário, resultando na Ovulação. Sua temperatura corporal será maior nesse período.

Por isso, nossa fase fértil está relacionada ao nosso Verão interior. É um momento de amadurecimento e criação. É uma fase altamente produtiva, cheia de energia, impulso criativo, comunicação, sexualidade e receptividade, na qual o arquétipo da mãe-criadora transmite um sentido de autoconfiança e autoestima para criar, sustentar e fortalecer.

Algumas características ajudam a identificar o período da ovulação:

  • Leve desconforto ou dor abdominal
  • Pequeno sangramento.
  • Muita energia e bom humor.
  • Fluido cervical: inicia seco e vai se tornando cada vez mais úmido, até parecer água. Quanto mais fluido, mais perto da ovulação você está.
  • Inchaço das mamas.
  • A temperatura aumenta e volta a cair no primeiro dia da próxima menstruação.

 

4 – Fase Folicular – Pré-menstrual – Lua Minguante – Arquétipo: Feiticeira  

Depois da ovulação, o folículo vazio se torna o corpo lúteo, que permanece na superfície do ovário e produz progesterona para revestir o endométrio. A progesterona também faz com que a temperatura se torne mais quente e o fluido cervical seque. Caso a implantação não ocorra, após uma média de 14 dias, no máximo de 16 dias, o corpo lúteo se desintegra e seu revestimento uterino é liberado, desencadeando no período menstrual.

Durante a primeira metade da fase lútea, a energia física ainda pode ser alta e vai reduzindo até o momento da menstruação. É  o Outono, hora de ir diminuindo o ritmo e se preparando para a menstruação.

Muitas mulheres vão se identificar com a frase de Toni Weschler : “Quando tentamos nos forçar a ser lineares e constantes, a ser as mesmas mulheres alegres, extrovertidas e produtivas todos os dias, estamos nos preparando para nos sentirmos fracassadas – e para suspeitar que perdemos a cabeça em certos momentos do mês. Lembre-se, as mulheres em nossa sociedade são socializadas para sempre serem simpáticas, cuidadoras, sempre se doarem e nunca mostram insatisfação. Talvez a melhor maneira de perceber suas emoções pré-menstruais é reconhecer que é um momento em que você finalmente se permite expressar as frustrações que a sociedade espera que você reprima.”

Naturologia e Ginecologia Natural

Como naturóloga e coach de saúde e bem-estar, atuo com a educação em saúde e o estímulo ao autocuidado, além das terapias integrativas e complementares e da ginecologia natural. Quando as mulheres chegam ao consultório cientes de seus processos, fica muito mais fácil apoiar a busca pelo restabelecimento da saúde, do equilíbrio e do bem-estar. Por isso, divulgo aqui a mandala lunar, essa ferramenta já conhecida, para que mais mulheres tenham acesso.

Para fazer o download da mandala, preencha o formulário abaixo e você receberá o arquivo na hora.

E passa a receber também regularmente os próximos artigos. Em breve publicarei: O ciclo feminino na Ayurveda, Medicina Indiana e  O Ciclo Feminino na Medicina Chinesa .

E aproveito para convidar a conhecerem um pouco mais sobre o meu trabalho com a Saúde da Mulher e a curtirem a página no facebook clicando no ícone: